Follow Us emedelu

quarta-feira, 20 de março de 2019

Visão espírita: quem foram os exilados de capela?



O termo “Exilados de capela” foi citado pela primeira vez no livro “A Caminho da Luz”, psicografia de Francisco Cândido Xavier, pelo espírito Emmanuel.

Emmanuel fala sobre os Exilados de Capela. Confira:

Emmanuel conta a história de um planeta do sistema de Capela, situado na constelação de Cocheiro, que, há cerca de dez mil anos, passava por importantes obras morais.

Os relatos dos espíritos de luz informam que este planeta estava passando por um momento de evolução, o que levaria a tão aguardada regeneração.

No entanto, haviam alguns espíritos degredados – embora evoluídos em escala astral – que ainda retardavam a evolução. Os governadores deste mundo decidiram então exilá-los para o planeta terra – mundo de provas e expiações, onde consciências trabalham pela própria renovação.

Sistema de capela

No sistema de Capela não existia espaço para espíritos degenerados, voltados às animosidades, a excessos de todas as ordens e vícios.

Assim, não acompanhando a evolução deste planeta, a terra foi uma alternativa para esses espíritos, já que estava no início de seu processo evolutivo.

Segundo Emmanuel, o objetivo desta ação foi realizar a renovação dos espíritos banidos num mundo que lhes era mais apropriado a aquele momento.

Neste período, de acordo com o mentor espiritual de Chico, os capelinos trouxeram grandes saltos evolutivos para o nosso mundo. Estima-se que viveram no período neolítico – entre 10.000 a.C. e 4.000 a.C.

Decisões como esta apontaram que o nosso planeta deu a oportunidade aos exilados de Capela serem mais úteis para os que aqui residem e também para si próprios.

Podemos concluir que é perfeitamente possível que este planeta exista, pois mestre Jesus disse na Bíblia que:“existem muitas moradas na casa de meu pai”. Portanto, podemos entender que há diversos mundos mais evoluídos que o nosso.

Espiritualidade superior prevê dois importantes períodos para a terra:

Primeiro: Virão para a terra espíritos altamente evoluídos que farão um renascimento da humanidade. Preparando-nos para a regeneração.

Segundo: espíritos comprometidos com o mal que tentarão trazer más influências ao nosso planeta.

Após este período, a terra poderá se regenerar para um mundo mais evoluído. Façamos a nossa parte amando uns aos outros como a nós mesmos.

Fontes: Boletim Espírita, Brasil Escola e Rede Amigo Espírita.

Postado por Letícia Lopes.


Nenhum comentário: