Pedem a Paz e semeiam o ódio e a intolerância!

16:34:00 Maria de Lourdes 0 Comments

Não é de hoje que a historia do planeta registra as mais tristes e vergonhosas histórias. E os livros narram as aberrações do coração humano. A mais terrível de todas elas é a de Jesus.
O Justo dos justos".
Humilhado, condenado, trucidado, odiado, caluniado, apedrejado, pagou pelos erros que não cometeu, porque os orgulhosos da época não suportaram a Sua Superioridade Moral. E em nome da lei dos homens o condenaram, sem direito a uma só palavra.

Os séculos aos olhos de Deus são apenas dias. E a Idade Média foi o palco das mais terríveis injustiças. Crueldade, terror, perseguição, destruição, ódio, vingança, mentiras, calunias. Leis que condenavam, roubavam e matavam em nome de Deus e das leis dos homens.


E a morte cumprindo fielmente o seu papel caminha através dos tempos, não só mantando o corpo físico, mas também muitas das vezes, sonhos e esperanças. Ela só não pode matar os verdadeiros ideais de um homem. Porque os ideais, deixam raízes.


E em nome de uma lei, leis dos homens, talvez criada com bases no egoismo do coração humano, é que nós brasileiros também escrevemos a nossa história com letras de sangue. E milhares foram mortos, humilhados, odiados, trucidados, esquartejados sem direitos à própria vida. 


Destilamos e propagamos o escarnio a raiva e o ódio e mesmo assim pedimos as bênção de Deus.
Esses, cumpriram suas tarefas na terra e deixaram raízes. E nós? Nossa situação é realmente de causar piedade, porque mesmo depois de 2000 anos, quando o Cristo foi crucificado simplesmente porque pregou o Amor, A Piedade, A Compreensão, O Perdão entre os homens, não aprendemos uma só virgula do que Ele quis dizer!



Meus Deus,
Por que é que nesta terra
Pedem paz e fazem guerra
E fazem guerra pela paz?

Meu Deus,
Por que é que os homens agem
Sempre em nome da coragem
E apunhalam só por trás?

A fortuna correndo atrás de quem já tem dinheiro
E o faminto se foge da fome, ela vai atrás

Oh, meu Deus, o sertão está seco e só chove na praia
O oceano está cheio d´água, não precisa mais
Muita gente com a reza na boca, e o ódio no peito
O cristão fazendo o mal-feito com a bíblia na mão
A ganância na terra entre os homens, gerando conflitos
E a ciência a serviço do mal e da destruição

Meu Deus, anulai a profecia
Pois o mundo qualquer dia
Vai mergulhar num vulcão

Meu Deus, aumentai a nossa crença
Pra que o homem se convença
Que o mundo inteiro é cristão

0 comentários:

Seja Bem vindo (a) ao meu blog!